terça-feira, 1 de março de 2011

SETE MANEIRAS DE CULTIVAR UMA ATITUDE MENTAL QUE LHE PROPORCIONE PAZ E FELICIDADE

PRINCIPIO 1: Tenhamos sempre em mente idéias de paz, coragem, saúde e esperança, pois “a nossa vida é o que nossos pensamentos fazem”

PRINCIPIO 2:Não procuremos nunca desforrar-nos de nossos inimigos, porque se fizermos, causaremos mais danos a nós próprios que a eles.Façamos como general Eisenhower, não desperdicemos um minuto sequer pensando nas pessoas que não nos agradam.

PRINCIPIO 3:
a) Em lugar de nos preocuparmos com a ingratidão, esperemo-la.Lembremo-nos de que Jesus curou dez leprosos num dia – e que somente um lhe agradeceu. Porque deveríamos nós esperar mais gratidão do que Jesus?
b) Lembramo-nos de que o único meio de que se encontrar felicidade não é esperar gratidão – mas dar pela simples alegria de dar.
c) lembramo-nos de que a gratidão é um sentimento “cultivado”. Se quisermos, pois, que nossos filhos nos sejam gratos, devemos ensinar-lhes a gratidão.
 Não esperamos gratidão. Se caso nos encontramos com ela, ocasionalmente, será uma delicada surpresa. Se não nos deparamos, isso não nos preocupará.
É natural que as pessoas se esqueçam de ser gratos assim sendo, se andarmos á espera de gratidão estaremos, fatalmente, destinados a sofrer uma porção de aborrecimentos.
Se quisermos encontrar felicidade, deixamos de pensar em gratidão ou em ingratidão, e demos pela alegria intima de dar.

PRINCÍPIO 4: Contemos as bênçãos que nos são concedidas e não as nossas contrariedades.!
Lembrar, todas as manhãs, logo que acorda, em todas as razões pelas quais tem de estar agradecida. Pode, escutar belas músicas, dispunha de tempo para ler, boa alimentação, bons amigos.
“Há duas coisas a que se pode aspirar nesta vida: primeiro, conseguir o que deseja; depois desfrutar o que se conseguiu. Somente os homens mais sábios da humanidade realizam a segunda dessas coisas.”
“Você e eu deveríamos sentir-nos envergonhados. Durante toda a vida, temos vivido numa terra encantada de belezas, mas estávamos cegos demais para ver, saciados demais para apreciá-la.

PRINCÍPIO 5: Não imitemos os outros. Procuremos encontrar-nos e ser nós mesmos, pois “ inveja é ignorância” e “imitação, suicídio”.
“aconteça o que acontecer, seja sempre você mesmo.”
“Não há ninguém mais infeliz do que a criatura que quer ser tudo menos o que realmente ela é, em seu corpo e em sua mente”

PRINCÍPIO 6:Quando o destino nos entregar um limão, procuramos fazer uma limonada.
Que lição posso tirar deste infortúnio? Como poderei melhorar minha situação?Como poderei transformar este limão numa limonada?
Dois homens olharam através das grades da prisão.Um viu lama, o outro, as estrelas.
O que é realmente importante é tirar proveito das nossas perdas.Isto requer inteligência – e constitui a diferena entre um homem sensato e um tolo.

PRINCÍPIO 7: Esqueçamos a nossa felicidade procuramos criar um pouco de felicidade para outros. “Quando somos bons para os outros, somos melhores para nós mesmos”
‘Fica sempre um pouco de perfume nas mãos de quem oferece rosas.”
“Não passarei por este caminho senão uma vez. Portanto, qualquer bem que possa fazer ou qualquer bondade que possa manifestar – Dixai que eu os faça agora. Que não adie ou esqueça de o fazer, pois não passarei de novo por este caminho”
“Esqueça-se de você mesmo interessando-se pelos demais. Faça todo dia uma boa ação que ponha um sorriso de alegria no rosto de alguém.”

Como Evitar preocupações e começar a viver - Dale Carnegie

Nenhum comentário:

Postar um comentário